o dique do castor

2006-11-25

 

A Setôra Domitília voltou a partir outra vez a perna...

Olá cá estou eu novamente alembram-se de mim pois claro c'alembram eu sou o Alectorzito aquele marau que quando dá com a língua nos dentes o pessoal começa logo a fugir e a querer que eu me cale por exemplo a minha irmã quando eu a vejo à noite e ela vem agarradinha ao Caracol bom ele não se chama Caracol eu é que lhe pus o nome porque o gajo é um viscoso do catano sempre a querer escorregar para cima da minha irmã bem mas como ia dizendo a minha irmã quando vem agarrada ao Caracol e sempre-sempre com a mão esquerda no bolso das calças dele não sem bem porquê já lhe perguntei que se ela andava com frio nas gadanhas então o melhor era comprar umas luvas daquelas de algodão e ela deu-me logo uma latada na boca que me fez escorropichar sangue e tudo e eu vai dai mandei-lhe uma boca porca ao jantar e o meu pai olhou para ela que parecia que lhe iam saltar os olhos para o prato da sopa mas a minha mãe lá pôs água na fervura que é como quem diz disse assim ó marido o raio do puto só diz asneiras e eu disse ó mãe mas é verdade e levei outra latada da minha mãe não sei porquê só sei que até vi estrelas

mas o que eu acho é que as mulheres são todas a mesma coisa encobrem-se todas inté parece que pertencem às carmelitas pelo menos foi isso que eu ouvi dizer ao senhor António que sempre que passa junto à casa das putas sabem aquela casa ao pé do mercado que tem sempre as janelas assim meio fechadas o homem benze-se três vezes e diz as senhoras deviam era lavar a boca com água benta para ver se ficavam puras

eu no outro dia até disse ao senhor António senhor António o senhor quer dizer putas e disse puras e ele mandou-me logo bardamerda chamou-me ranhoso e disse que o meu pai devia dar-me inducação e dar-me mas é umas latadas nas fuças para ver se eu crescia e eu fui logo a correr fazer queixa ao meu pai que estava a jogar à sueca na tasca do senhor Bento e o meu pai que estava a perder porque eu bem vi as bolinhas todas no vós foi ter com o senhor António e passado um bocado estavam os dois meio engalfinhados e só acabaram a zaragata na tasca do senhor Bento a beber uns copos e a dizer que os fedelhos deviam era ter juízo na cachimónia que é como quem diz eu e o mocas que é o filho do senhor António e vai daí voltaram a ficar amigos outra vez

bem mas o que se passa e por isso é que eu estou hoje a escrever-vos é porque a Setôra Domitília voltou a partir outra vez a perna não sei se se alembram que ela partiu a perna por causa do meu pai pelo menos é o que ela anda sempre a dizer mas desta vez o meu pai nem sequer estava em casa ela ia a sair do elevador e a muleta ficou presa não sei adonde e ela viu-me e pediu-me para a ajudar a tirar a muleta do sítio onde estava disse-me assim ó Alectorzito meu filho ajuda-me aqui e eu não fui cá de meias medidas cheguei ao pé da muleta e zumba fiz tanta força tanta força que a pura da muleta como diz o senhor António saiu do sítio rodopiou no ar e a Setôra Domitília levou com ela mesmo em cheio nos cornos e vai daí perdeu o inquelíbrio rodopiou sobre ela e bateu com o toutiço na laje e ficou com a perna que por acaso até já estava quase boa outra vez má

então ela pôs-se a berrar e a chamar-me cabrão e filho da curta e da comprida e eu ó Setôra não seija assim porque ainda vai para o inferno e ela aos gritos e aos acudam-me que eu morro foi-se a arrastar até casa e agora quando me vê põe-se aos berros e com aqueles acudam-me que eu acho que um dia ainda perco a cabeça e ainda lhe parto a outra perna sabem como é e depois é que eu quero ver o que é que raio da velha vai dizer

mas enfim prontos já desabafei e por isso agora vou acabar beijinhos e abraços para todos do vosso amigo do coração Alectorzito "o beijamim da famila" ai é verdade o apelo que o meu tio me encomendou para hoje é o seguinte: POR FAVOR NÃO ENCOMENDEM MAIS ALMAS AO CRIADOR

Comments:
Eheheheheh só este texto me fazia rir hoje. Oh castor tenho andado sem pachorra pra posts ... nao sei qd vou, e se irei escrever mais. Tlv dê na pancada um dia qq destes, nao sei. Tinha-me esquecido do teu link, nao leves a mal que gosto de ti - já la esta, pronts.
Beiju e téeeeeee******
 
Pssssssi11uuuuuuu..........?????????
 
Huuuummmmm......???
 
Exactamente???

Ehe ehe ehe???

Huuuummmmm...
 
Evidentemente???
Huuuummmmm...
Não exactamente!!!
 
Nem sempre o que parece ser...é!!!
 
Parece que não...mas é um detalhe a considerar...
 
Os detalhes não importam nada???


Huuuummmmm...
 
(in)porta?
Porta fora!
Fora de jogo!


Detalhes!!!
 
Eu não sou surda!!! :-)
 
Coitada da Sêtora Domitilia, enquanto tiver por perto o Alectorzito e a família nunca mais consegue manter-se muito tempo com os ossos no sítio. Queridos vizinhos !!!!!!! Beijocas Alectorzito e por favor avisa-me quando saíres à rua.
 
francament! o senhor alberto ainda se compreende, agora a setôra domitília que é uma setôra não se devia admitir. se querem ofender, que ofendam com as palavras correctas!:P
beijinhos *
 
A setôra Domitília partiu uma pata outra vez?!
Tem paciência Alectorzito, já há muitos anos quando eu vim a este mundo, os putos não deviam nascer putos, mas já grandes. Só que tal como ainda hoje, os miúdos por teimosia nasciam miúdos e a coisa era sempre ruim para eles.

Parece que tu Alectorzito és parecido comigo quando eu era da tua idade: um menino difícil. Porta-te bem e bom fim de semana
 
ai ai ninguem cala o alectorzito... lol
 
Um belo desabafo sim senhor... Cuidado não des com alíngua nos dentes podes coetar-te... hehehehe
 
Oh Alectorzino! atão tu na sabes que a tua mana mete a mão no bolso do caracol que é para não cair? É assim a modos como a gente faz nos autocarros, que têm aqueles "ganchos do talho" adonde a malta se segura para não cair nas travagens brusca que os senhores motoristas têm de fazer, para depois estarem um quarto de hora parados e a fumar no início da carreira. Coitada da moça, que se não fosse o varão que o caracol traz no bolso, há muito tinha caído (em tentação eheheh).
Também tens de ter cuidado com a perna da setôra porque ela deve ter atingido aquela fase em que o cálcio ingerido sai directamente para a sanita em vez de se ir grudar nos ossos. Alembra-te qua coitada tem de se agarrar à muleta porque já não encontra nenhum ranhoso que lhe deixe meter a mão no bolso. A alguma coisa a desventurada tem de se agarrar eheheh.
Inté e boa semana.
 
Olha... esqueci-me do httpi^eheheh
 
O santinho a desancar na velha pobre esganiçada senhora s'tora! Não se faz! Talvez para a próxima, consigas dar sumiço à bengala do namorado da tua mais que mana, que dizem ser maná... onde é que ouvi isto?! Deixa p'ra lá... boa semana e já está tudo dito.. lol PS: - Curti a musicaaaaa hoooyehh
 
Gargalhadas
beijos
 
:) tinha mm mts saudades d passar por cá... bj
 
Porra Minhoca, que isso por aí vai um stress do catano... Com essas peripécias todas, chegas á noite e deves parecer um prego... Vamos ver se os azares vão dimuindo, até a puta da velha, que parte as pernas todas... Boa sorte.
 
G'anda post e que pura família!
Cpts

"Desgovernos"
 
Só esta "familia" para me fazer rir... :)
Beijinhos*
 
Realmente... só aqui é que se ri a bom rir!!
Adorei a parte da muleta que rodopiou no ar e setôra Domitíli alevou com ela mesmo em cheio nos cor....
Delirante e hilariante!!

Beijinho soprado
 
Um dia, ao ler-te, ainda tenho um colapso... Ou é a falta de ar ou engasgo-me de tanto rir!! Serás culpado, mas como é melhor morrer a rir do que a chorar, prefiro afogar-me em teu dique!! Obrigada pelo teu carinho... sabe bem teu beijo!!! Beijo para ti
 
Castor (moi-je...ehe, ehe):

Ó Electorzito, tu não achas que a tua irmã anda sempre com a mão dentro do bolso do marido, deve ser devido ao frio e às chuvas que arrefecem o ambiente!!! Ou então, desculpa lá: ela pensa que está a conduzir o carro e quer direccionar a manete para fazer o pisca-pisca piscar para o lado que quer virar... Com que então andas a preparar outra vez maldades à sêtora Domitília!!! Ultimamente andas endiabrado a fazer das tuas!? O senhor António tem que te meter na ordem. E já agora, eu cá por mim não encomendo almas a ninguém! Cruzes credo!!! Um abraço beija a mim da família eheheheheh.
 
Ora bem: deixa lá ver primeiro se eu me recomponho deste moment de entusismo, que é como quem diz, de boa disposição. Eu sei que tou a ficar repetitiva, mas vós por ai sabeis bem que a minha imaginação nem sempre me ajuda, bem pelo contrário. Adoraria ver de perto, tipo mosca tás a ver?, o espalhanço da Setôra Domitìlia, raios te partam miúdo!!! lol POr outro lado, fiquei eu própria com cheiro a sebo ou lá o que é isto, de tanto me colar ao ecran a ler o raio da dissertação supra citada. Eu adoro este blog, c'oa breca. Beijos grandes para todos por ai, para a família castor. Até breve. Azul.

P.S. Talvez a inauguração do meu novo espaço possa dar-se antes do natal. Avisarei assim que for p'ro ar. Até lá.
 
Olá querido, no dia 25 em que a setôra partiu a perna eu estive cá, para dar o meu apoio moral mas no que ía comentar zás apareciam-me 450 pessoas à frente para eu «atender» de modo que só me foi possivel vir hoje meu querido! Olha Alectorzito, meu amor, queria convidar-te para vires passar um fim de semana, cá com a tia, eu juro que nunca mais te irias esquecer(hehehehehe)e juro também que a pobre da tia Domitília nunca mais iria partir a perna outra vez! Fica bem meu anjinho, saudades ao tio(por causa dele é que deves ter essa educação esmerada, que tu não tens culpa «denhuma»)!
 
:)

Grande abraço amigo castor
 
Coitada da Setôra, a partir a perna, num texto engraçado que se lê com agrado. Bom fim-de-semana para ti.
 
Olá Alectorzito vinha ver se o Castor tinha ido nas cheias, mas ele deve estar tão ocupado a arranjar os diques que não o vejo por aqui.
Quanto a tua irmã deves entender que as meninas são muito friorentas.
Boa semanita sem chatares muito a setôra.
bj
Arodla
 
Beijinhos, muitos!
 
ola e bue fixexau.............lol_:
 
coollllllllll ontinuaa sim xau bjs fofis lolo
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?