o dique do castor

2006-12-12

 

EU, CAROLINA!...


Eu sou um animal muito sensível!!!! Juro, pessoal, juro, pás, sou mesmo!!!!!!

Ando muito melindrado com os insidiosos ataques à volta da vida da desventurada Carolina - Carol ou Carolinha para os amigos mais chegados e afeiçoados - tadinha da cachopa, até há pouco tempo uma noviça discreta, de vidinha humilde e executiva de profissão… Sim, ela cumpria o seu afazer o melhor que sabia, com o que sabia e podia de melhor e com o que de melhor de seu tinha para ofertar, dizem as más línguas, que para os lados do recôndito mas reconhecido local "Do Calor da Noite".

Nessa altura, andava a pobrinha com alguns mundos na boca e não metida nas bocas de todo o mundo, como agora… Ela era e sempre foi uma rapariguinha simples, modesta, coradinha e a cheirar a sabão macaco e que ficava muito bem a conduzir o seu Punto 1.2 SX 3 portas e mais uma só para os amigos, com o farol esquerdo partido, a porta lateral direita riscada e amolgada por amor e desvario e as contas do rosário, comprado em Fátima e benzido pelo senhor Cardeal Patriarca, pendurado com carinho e afeição no espelho retrovisor. Sim, que a manceba nunca foi nada dada a vadiagens e a gandaíces como aquela ordinária da Elsita (Tatoo) Raposo, sempre metida nos six meat buffets que me dão a volta ao bandulho, ou como a catraia Pimpinha Jardim, tão mimada e afagada (dizem) e ainda por cima nascida em berço d' Il sito della Ferrero Rocher azienda alimentare dolciaria, ou como a Merche Romeira (como vinho de Palmela), a tal rústica loira com visto de residência caducado e que esteve quase a apanhar o nosso Ronaldinho das terras do Zarco, como sabem, um amor de rapaz saído das levadas e que foi violado diariamente e com impudicícia obscena, até as senhoras da Segurança Social o terem apartado "dela" aos gritos de "acudam o pobrezinho que já nem um pêlo púbico lhe resta!...".

Mas a nossa Carol, não... essa sempre teve aquele "putencial" activo e a tal queda para a arte sacra e para a pose artística de romeira... Está-lhe na massa do sangue, que querem?...

E digo-vos mais: aquele livro vai dar best-seller, best por parte da mãe, e seller por parte de quem o fez... E aquela confissão recatada e casta que, enfim, partilhou connosco sobre o pijaminha que levou para a sua 1ª noite de amor e refustedo, cheia de elefantezinhos de trombinha atiradiça? É difícil a um gajo não revirar os olhos e despejar óleo de rícino pelos cortinados… E os abusos de que a sofredora foi vítima após a 1ª vez, sempre que o Jorge Nuno Macho-HardCore vestia a tal pele de Lobo Mau e andava atrás dela a uivar os huuu-huuus e à volta da mesa redonda de Pinho de Flandres comprada na Conforama, mesa essa já lascada à conta do cocker spaniel, o Nuno a brandir solene um rolo de cozinha encharcado em margarina e a dizer aos berros e com a língua de fora: "vou-te comeeeeer... vou-te comeeeerrrr!!!!!" Dizem as más-linguas que o dito obrigava a pobre Carolinha a andar só vestida com um fio menta dental (com flúor) "made in" Continente…

Ahhh!... Ahhhh!... Mas, como diz a nossa Carol: "estar viva hoje é o contrário de estar morta ontem"… Sim, que aquelas noites pseudo loucas de prazer e de luxúria concupiscente, não passavam afinal de noites de pecado e penitência. Mas enfim, apesar de tudo o que a pobrezinha passou, digo-vos hoje, olhos nos olhos, coração nas mãos e missal beijado com ternura e algum fervor: muito pior que ser Carol é ser filho do Tony Carreira, ou vender melões portugueses à beira da estrada, ou ser pica-pica de bilhetes de comboio ou de metro ou ser, digamos em abono da verdade, o Carlos Malato.

Bom, depois deste sofrimento atroz, eu acho é que a nossa querida Carol, agora, anda muito magra e pálida, acho que de tanto trabalhar de graça e no arame. Não deve ser fácil corrigir tanto acento circunflexo e pôr tantos pontos nos iiiii´s, não!!! Ó Deus!...Onde é que pára a grande Felícia Cabrita quando precisamos dela, afinal? Já vejo rios e rios de textos bombásticos e cheios de fedúncia a escorrerem dentro dela...

Karolinokas, filha, não sei mais no que te posso ajudar. Olha, rica, se precisares de companhia, posso mandar-te a minha minhoca, embora e apenas por uma noite ou duas, mas toma atenção, em caso afirmativo, tu agasalha-a bem, que anda para aí um frio de rachar a minhoca.

E não te esqueças de fazer o teu Apelo final:
"POR FAVOR, NÃO CONFUNDAM O LIVRO DA CAROLINA COM O DA LEOPOLDINA!!!"



Comments:
E depois de ler e reler... fiquei a ver navios... o que nao é muito mau para quem vive a tantos quilometros do mar.
Castorzito, diz-me... perdi alguma parte da conversa que pudesse esclarecer quem diacho é a Carol??? Ou é apenas porque vivo longe de terras lusas que nao ouvi falar na mocinha nem no best seller :)?

???
 
Um boa oferta de Natal o Livro da Carolina sim senhor, concordo perfeitamente com esta idéia de divulgação do livro.
Eu disse, assim que a vi autografando os livros: «esta rapariga de rosto pálido e cara de arrependida combina bem com o espirito deste Natal» ainda bem que conseguiu por o livro à venda antes do Natal porque poupa muitas mentes do cansaço da procura da prenda à última hora.
Falo por mim que já comprei 22 livros que é o número de primos a quem me faltava comprar as prendinhas! Ufa, que isto dá uma trabalheira! Felizmente há ideias destas.
Hoje não digo nada acerca da minhoca pois se ela foi de férias um ou dois dias deixa-la por lá, que tenha bom proveito. Que se alimente bem e que venha mais rechonchudinha e hirsuta! (ehehehehe hirsuta!)
 
Eu, no Natal, é mais doces que salgados... ;)
 
oh não é o da Leopoldina, tss tss bem parecia que havia aqui UMA COISITA QUALQUER que me confundia as ideias, LOLOLOLOL

Beijokas
 
Olá Castor.....ganda maluco...."se Ela te apanha".....estive a ler os post's colocados.....pelos vistos tb tens uma afinidade com "os nossos amigos" (GNR).....Que culpem tem eles?.....Tem dias que até tenho pena deles....não fosse eu conhecer o meio....ou melhor fugir do mesmo.....
Um abraço e voltarei mais vezes, após uma estadia no "tarrafal"...
Dante

Ps: Não te deixes apanhar.
 
Essa de comparares o livro da LEOPOLDINA com o livro da Carolina estás delirando , olha que as criancinhas podem-se ofender .
Põe mas é a minhoca de MOLHO .
Olha que a Carolina precisa de BACALHAU SALGÁDO para o NATAL.
Não , não procures mais alguém que não encontras.
Sabes , passa um Natal na companhia da familia e dá-te por muito feliz.touaqui42
 
Mas que putedo, Sr. Alfredo. Mas olha que para falar de prostituição temos de ir até ao Estádio da Luz porque se a Carol vende o corpinho, também há muito benfiquista que só não o vende porque não encontra quem lho compre. Foi uma vergonha, no lançamento do livro, até o barba azul foi pedir um "augrofago" à mula e não resistiu a pedir, também, um beijo. Prostitutos do caraças, que já não se lembram quando a vaca entrou no estádio da luz a fazer gestos obscenos com o dedo, na direcção da bancada.
Para a Gaivota, que anda a esturrar dinheiro em prendas para os sobrinhos, vou ver se lhe arranjo umas fotos que circularam pela net à cerca de um ano, com a gaja a mostrar a "parrachita" (parrachita o caraças, que aquilo mais parece o arco da rua Augusta mas assim a modos que para o larguinho... um XXL avantajado eheheh).
 
Cá estou eu ! Pois não podia deixar de estar solidária contigo e respectivamente com a Kida Carol...rsssssssssss.
Fica bem.
EU mudei-me:http://ritmoscontinuados.blogs.sapo.pt/
 
Olá Minhoca... Parece que o conteúdo deste teu "documento" tem mais interesse e recheio que aquele da Karol feito ali para as bandas da capital. A avosinha do meu conto é muito mais esperta... Hás-de ver. Fica bem e, boa saúde.
 
Castorzito:

Gracias por me ter apresentado a menina Caroline (devo pronunciar Carolaine?). Faltavam-ma uns livros para oferecer no Natal a umas primas impertinentes e agora jà sei o que lhes dar :) o pior é se elas gostam...
 
loooooool cuidado com a "minhoca" Castor... os elefantes ainda a pisam. loooool Beijo
 
Não viste a cuca por aqui? Estou muito preocupada com ela...andou nas pintarolas novamente...:-)
 
Afinal a minhoca não é minhoca :-) é um caracolinho! :-) :-) :-) :-)
 
Coitadita...mais cedo ou mais tarde, antes ou depois, durante ou após...e já os tem...:-)
 
Para a Gaivota, que anda a esturrar dinheiro em prendas para os sobrinhos, vou ver se lhe arranjo umas fotos que circularam pela net à cerca de um ano, com a gaja a mostrar a "parrachita" (parrachita o caraças, que aquilo mais parece o arco da rua Augusta mas assim a modos que para o larguinho... um XXL avantajado eheheh).

Quem é essa gaivota????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
 
Ó Castor tu além de seres muito sensível como dizes; és um gajo muita solidário!!!Amandavas-lhe ainda em seu auxilio a tua Minhoca!!! Olha, um conselho daqueles mesmo bons cá do teu amigo pirata: antes de lha amandares faz um seguro à tua Minhoca. Bom fim de semana
 
Hum , atençaõ de nascença e não de idade (42).
Mas depois respondo .touaqui42
 
Simplesmente porque todos nós necessitamos de um abraço de quando em vez, deixo um abraço do fundo da minha alma para ti.

Se quiseres no blog http://lumenorigine.blogspot.com/ podes visualizar os vídeos Os Abraços são Grátis.
 
a sra dona carolina até tem muita razão :P
beijinhos *
 
Sr. Castor dou-lhe os meus cumprimentos do Porto com amor!!!
 
Pois o amigo também gosta de frequentar os sitios por onde andou a carolzinha que eu bem o vi .
 
Castor (moi-je...ehe, ehe):

Ó Minhoca agora deste para a literatura de cordel!? E andas a ler a última obra da Carolina? Sim, porque tudo o que descreves aqui parece que eras visita assídua da Carol ao ponto de, ofereceres solidariedade à autora. Das duas uma, ou és do Porto e do Dragão e por isso andas à rasca, ou então, andas louco para lhe mandares a minhoca porque já não tens como contentar o Castor que anda com ciúmes da minhoquinha...
Faxavor deixa tranquilito o nosso Ronaldinho esse, ainda nos dá alegrias, no futebol claro! E mais uma coisa, aquela frase "estar viva hoje é o contrário de estar morta" é de autoria da "Lili Caneças" e não da Carol!!! Não confundas as coisas, porque a Salgado tem-te deixado atrapalhado e andas num vai-vem em todos os blogs a fazeres crer aos bloguistas que não tens nada a ver com ela... o que eu não acredito! Olha e queres que te diga uma coisa: "não gostei daquele rabinho do Electorzinho" anda à procura de quê!? Sempre a remexer... E mais, queres saber o que representa tudo o que andas a dizer da Carol, repesenta um "jardim de infância" em relação ao "calor da Noite" em que tu andas metido ou é vice-versa? Já me perdi!!! Não te faças Santo que até colocaste árvores e presentes no cabeçalho do teu blog que até parece uma ÁRVORE de natal daquelas Americanas... Chiça! Castor (moi-je...ehe, ehe). Um abraço
 
Ela ja tem uma minhoca do benfica :PPP
eheheh
 
Atão, a moça tem queda para a coisa... só vem provar a teoria de que uma vez recatada, recatada a vida inteira.
Com que atão foste aquecer a minhoca na minha lareira, heim?... Tem cuidado não a chamusques porque as labaredas estão no máximo. ihihihihihih
 
Chamuças?... Também eu! Cadê o tintol para acompanhar?... Vou assar uns chouriços no entretanto... tou com uma destas famelas!...
 
Vício?... E desde quando comer umas coisitas gostosas é vício?... Deitava-as fora, não?... Isso é que era bom! Continuo a não ver nem tinto nem branco... mas deve de ser impressão minha...
 
Ai tu!!! O texto está um show, como é que eu não tive esta ideia!!! Parabéns!
 
Socooooooooorro! Acudam! Ó da guarda! De Faro, Lisboa, Porto e restantes capitais de distrito! O castor quer dar-me um livro autografado da Carol!... Mais vale dizeres que não me gramas... inda bem que não tenho o estômago fraco senão lá se ia a janta, ihihihihihih...
 
  ,¡|i¹i|¡,    
      ¹i|¡,¡|i¹   
,¡|i¹i|¡,       ,¡|i¹i|¡,      ,¡|i¹i|¡, 
¹i|¡,¡|i¹     ¹i|¡,¡|i¹     ¹i|¡,¡|i¹  

   ,¡|i¹i|¡,         .,¡|i¹i|¡, 
   ¹i|¡,¡|i¹        ¹i|¡,¡|i¹   
      ,¡|i¹i|¡,    
      ¹i|¡,¡|i¹   
,¡|i¹i|¡,       ,¡|i¹i|¡,      ,¡|i¹i|¡, 
¹i|¡,¡|i¹     ¹i|¡,¡|i¹     ¹i|¡,¡|i¹  

   ,¡|i¹i|¡,         .,¡|i¹i|¡, 
   ¹i|¡,¡|i¹        ¹i|¡,¡|i¹ 

     ,¡|i¹i|¡,    
      ¹i|¡,¡|i¹   
Mil Beijinhos!
 
Oi Castor? Desculpáademorqa, mas tive alguns problemas comomeu blogg. Beijos.
 
Oi Castor.
 
I hate to be cynical about this all, but I can't help but wonder if talk of the PGA streak is only about driving up ratings and money. golf course Some have questioned whether this is a strategic decision to keep the PGA streak alive, since Tiger's never won the Nissan Open in the past (even though he's played there 11 times). Full story, The Golf Channel. It's tough.
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?