o dique do castor

2007-02-22

 

A PROVA DE SONHOS...

O Ferrugento andava a evidenciar-se na Quinta da Carolina, na Herdade Grande, para ver se via a Maria Teresa e a prima Luísa Pêra Manca, para as convidar a ir a uma prova de sonhos D.O.C`s, que se realizava para os lados da região demarcada de Barros.

Acabou por dar de caras com o Mochão, com a sua Panca de Três em Pipa, lá para os lados da Tapada de Coelheiros e perguntou-lhe então se tinha visto a Maria Teresa nas Vinhas Velhas. O Mochão andava mais preocupado com a sua Seara d`Ordens e acabou por lhe fazer um gesto de fastio, próprio de Dorna Velho.

O complexo Ferrugento seguiu o seu caminho a pensar que o melhor era ter cortado pela Quinta da Gaivota, mas a Pellada já ia longa... Entrou no Vale de Barqueiros e seguiu a sua rota como uma Raposa Velha à procura da sua dama: Cortes de Cima, Cortes de Baixo, lá acabou por ir parar ao Monte das Cepas…

Qual não foi o seu espanto, viu-se confrontado com uma tamanha infidelidade: a sua Maria Teresa estava a provar o Núcleo Duro do Barão da Cunha, um bastardo sulcado pelo Rio Dão, mesmo ao pé dos Rabos de Ovelhas que por lá se encontravam a pastar…

Ah.... Cabriz d'um camano, danada e adstringente... Com tanta decantação e arejamento, elegância e boa prestação, a vadia lá acabou por ser provada por quem não a merecia… O seu rótulo macio, a sua leveza, juventude e autenticidade jamais seriam imaculados e com bouquet dourado… Azedava assim um romance de fina mistura de notas florais… O palato feneceu, assim, seco e ainda jovem…

No meio de tamanha lacrima christi, o desventurado jurou vingança ao frutado aroma, com os olhos postos em teores volumétricos de pouco açúcar: doravante, só confiaria em caracteres encorpados, em sabores fortes e acídulos e em finais deveras prolongados… Nunca mais provaria o ácido acético da traição e jamais deixaria que nada o toldasse, como um Cabeça de Burro a pastar em Quintas de Bacalhoas.

Embora com um pouco de borra, a sua bravura levava-o a lutar contra a acrimónia e o picado: Não existiriam mais Meias-Encostas, nem pensar!… A partir de agora, hoje e para sempre, só apostaria num bom V.Q.P.R.D. e num comprimido Pepsamar para acabar com qualquer réstia de azia…

E agora um Apelo do Paladar: "POR FAVOR, DÊEM TANINOS SUAVES AO CARMONA RODRIGUES!!!"

2007-02-15

 

o dia dos namorados já passou...

Agora é que está tudo rodido como diz o tio Castor vejam lá se não é verdade pois o meu pai caçou uma carta d'amor à minha irmã que lhe entregou o Janica que é filho do senhor António aquele que tem uma loja de pronto a despir ehe ehe uma carta muita estúpida do dia dos namorados e o meu pai desatou às gargalhadas e a minha irmã pôs-se a choramingar e a dizer que ele não tinha nada que lhe andar a ler o que lhe escreviam e o meu pai disse cala-te senão ainda levas uma lostra e depois voltou a rir-se e virou-se prá minha mãe e disse Jaquina ouve lá esta coisa e ria-se que até apertou a gaita com a mão e disse ai que já estou quase a mijar-me e depois com os olhos vermelhos da risota pôs-se a ler e a carta é mais ou menos assim querida Mariquita te jéme e gustava de te pôr a jemer de prazer como eu jemo quando paço por ti nem sabes como eu jemo até pareço uma jemada feita de ovos moles ó mariquita diz-me que sim que me amas até à quinta caza teu Janica que será sempre e sempre teu até sempre

Depois do meu pai acabar de ler a carta a minha mãe deu uma latada da minha irmã e disse-lhe para ela ter juízo senão ela ainda ia acabar pelas ruas da amargura e eu levei outra latada porque perguntei onde é que ficava essa rua que não conhecia e o meu pai de tanto rir ia dando-lhe uma coisa pois engasgou-se ficou sem ar e com os olhos esbugalhados e só não se passou porque a minha mãe que não é vesga lhe mandou um murraço nas costas que o meu pai até bufou e ficou todo chateado e disse que ia ter com os amigos à tasca do senhor Zé para não ter que correr tudo à lambada

Rais parta o dia dos namorados é por isso que este vosso amigo Alectorzito não quer nada com a Nandita, ná… ainda tinha que lhe comprar rabuçados, rôda-se…

Muitos beijinhos e abraços deste vosso amigo o "beijamim da famila"

Tomem lá mais este apelo que o meu tio Castor me mandou dar: POR FAVOR, DÊEM UM AR DA VOSSA GRAÇA!!!

2007-02-09

 

RECEITA DE FRANGO ASSADO COM WHISKY...

Ingredientes:

- 1 garrafa de whisky (do melhor, claro!)
- 1 frango de, aproximadamente, 2 quilos
- sal q.b., pimenta 5 sabores e mistura de especiarias a gosto
- pimentão
- 350 ml de azeite extra virgem
- nozes moídas

Modo de preparar:

- Pegue com cuidado no frango
- Beba um copo de whisky
- Envolva o frango com a mistura e tempere-o com o sal, a pimenta e pimentão a gosto.
- Massaje-o bem com o azeite.
- Pré-aqueça o forno por aproximadamente 10 minutos.
- Sirva-se de uma boa dose (caprichada) de whisky enquanto aguarda o aquecimento.
- Use as nozes moídas como "mata-borrão".
- Coloque o frango numa assadeira grande.
- Sirva-se de mais duas doses generosas de whisky.

A bartir de agora é zó:

- Axustar o terbostato na marca 3 , e debois de uns binte binutos, abrir o vorno para assassinar..., digu: assar a abe...

- Bubêr maiz uma dose de whisky debois de beia hora de azadura do animal, birar o gabrão com jeito e gontrolar a azadura do vicho.

- Tentar zentar-se na buta da gadeira zem tropezar e zervir-se de umoooooooooutra dose dubla de whisky.

- Debois… Debois… Deixa ber... Gozer(?)… Costurar(?)… Cozinhar(?)… Sei lá… Rôôoda-se o gabrão do brango!...

- Deixáááár o vilho da buta do pato no vorno por umas 4 horas pra castigo.

- Debois de meia gafarra bubida, tentar retirar o brango do vorno com cuidado num vai o gajo gueimar, garalho!

- Tentar novamente tirar o belhaco do brango do vorno, porque na primeira deenndadiva dããão deeeeuuuuuu.

- Begar vinalmente o ganso que gaiu no jão e enjugar o vilho da buta com a esbregona e gologá-lo debois numa vandeja ou em qualquer outra borra gualguer, bois avinal você nem gosssssssssta da merda de brango azado.

Brontos. Hic…hic…


NOTA: Esda rezeita voi enbiada pelo amigo Belipe, hic… ajo eu…! Brigado, meu…

E agora um Apelo: NA BALTA DE IBAGINAZÃO GRIADORA, VAZAM CÓPIAS COMO EU, EHE,EHE,EHE…!!!!

This page is powered by Blogger. Isn't yours?